sexta-feira, 16 de abril de 2010
Eu ia postar outro texto que havia feito mais cêdo junto com esse aqui. Mas ia ficar um texto gigante e geral, eu inclusive, têm preguiça de ler. Portanto, vai só a Parte II:

Tava pensando e fazendo minhas contas, e pelo o que eu lembro (que é pouco), desde 2002
o Flamengo peida em alguns jogos importantes. Vamos lá

2002 - Final da Mercosul
2003 - Final da Copa do Brasil
2004 - Final da Copa do Brasil
2007 - Eliminado pelo Defensor(!) na Liberta
2008 - Eliminado pelo Cabañas na Liberta
2010 - Campanha até agora pífia na Liberta

Não é possível que um time gigante como o Flamengo peide tanto em decisões. Não tem como comparar o talento da galera de 81 com nenhuma outra equipe do Mengo. Mas a raça e a vontade de vencer têm que pelo menos ser parecida, afinal eles não estão em um time grande. Estão no FLAMENGO.

Não vou comentar o terremoto que o Flamengo sofreu no Chile, porque dormi no segundo tempo.
Também não vou comentar sobre o porradeiro entre Petkovic e Bruno, porque se vocês, caros
leitores, prestarem bem atenção, a quantidade de textos com o assunto "BASTIDORES" ultrapassa visivelmente os outros assuntos. Eu tô cansado de vir aqui todo dia pra falar sobre
o casamento do Adriano, os MMA's do Bruno. Mesmo porque eu leio a REVISTA PLACAR, não a REVISTA CAPRICHO. Sou acostumado a ouvir o Gerson Canhota de Ouro, e não o Leão Lobo.

E essas fofoquinhas são também muito culpa das Carolas da imprensa marrom-cocô, que pra venderem seus tablóides de 50 centavos aumentam, e até inventam fatos e fetos dos atletas rubro-negros. Eles não são santos, não. Às vezes não achem como profissionais, não. Mas tá ficando chato eu acordar e ler uma notícia na banca de jornal, e no dia seguinte dizerem:

- A assessoria negou tudo.

Quando quis escrever no Blog, quis falar sobre o Flamengo. Sobre o Flamengo. E lá vai mais uma para a secção Bastidor.

Abraços e Saudações Rubro-Negras, do muito puto Yuri Eiras.

3 comentários:

[CRF]Raulzin disse...

Definitivamente o Flamengo não pode jogar como favorito. Tem que ser o desacreditado, o que ninguem esperava que ia chegar e chegou. E convenhamos que assim é muito melhor

Anselmo disse...

Pela primeira vez, tava vendo um programa da Adriane Galisteu, aí tava o empresário do Adriano, o Vampeta, um ex jogador de volei e um psicólogo, Adriane Galisteu metendo o pau nas atitudes do Adriano (referindo ao alcool), no Vagner Love (por causa da festa na favela) e o Bruno... pelo menos todos ali falaram praticamente com todas as letras, a imprensa aumenta e aquilo ali é puro sensacionalismo. Ai que saudade daquela época em que eu NÃO era nascida...

Anselmo disse...

Aqui é a Thais. :)

Arquivos do Blog

Parcerias

Adicione nosso logo em seu Blog.