sábado, 5 de junho de 2010


O Maracanã, em outrora, foi assim. Suas 100, 150, 200 mil pessoas foram abençoados por um dia presenciar o Gigante de Concreto em sua forma original. O Maracanã, no início, fingiu que era um Lar das Lágrimas e Decepções. No seu primeiro ano de construção, foi palco para uma das maiores frustrações da história moderna. E um dos silêncios mais sepulcrais também. Perdemos pro Uruguai, na Copa-de-50.
Mas com o tempo, o brasileiro foi aprendendo que o Maior do Mundo era onde a Glória se fazia presente. Títulos, sorrisos e vitórias acompanham o Maraca até hoje.

Ele se tornou assim. A arquibancada, e com ela os Arquibaldos. A geral, e com ela os Geraldinos, viraram poeira com o tempo. Poeira também se transformaram as 200 mil pessoas que, expremidas, cabiam no Maracanã. Hoje, expremidos também, cabem só 80. E além de homens, temos que dividir espaço com cadeiras.

E agora, 60 anos depois da construção do Maior do Mundo, ele passará por mais uma reforma. E reduzirá sua capacidade. Mas, pelo menos pra mim, isso não representa só o tamanho. Representa momentos e figuras históricas que se vão.

Só peço aos homens que são responsáveis pela obra para que não transformem o Mário Filho em um Estádio com cara futurista. Maraca nunca foi um estádio, de fato. É só a nossa casa.


Até logo, Maraca. Sentirei saudades. Abraços e saudações rubro-negras, Yuri E.

2 comentários:

[CRF]Raulzin disse...

Maracanã sempre foi e sempre terá que ser do povo Brasileiro, do povão, é o povão que faz a festa nesse estádio, é o povão que fez o nome desse estádio. Mais uma reforma vai diminuindo a capacidade do nosso Maracanã, vai eletizando ele cada vez mais, tomara que eu esteja errado, tomara mesmo.

Miquéias Ferreira disse...

Olá! Sou botafoguense, mas venho aqui também deixar protesto e tristeza ao ver o "Estrupo" estão fazendo com o Maracanã! É triste! Levei meu pai da última vez que fui nele, meu velho disse que no tempo dele eram muito mais pessoas, parecia que o RIO todo tava ali dentro. A sensação de Gigante era monstruosa... mas hj... não tem tanto efeito assim! (palavras dele) Meu medo é que cada vez mais isso diminua! Que o maracanã deixe de ser um lugar onde todos podem ir para um lugar onde só vamos poder ver pela TV! Pois quanto mais "elitizado" mais inacessível pro povão!
Abraço!

Arquivos do Blog

Parcerias

Adicione nosso logo em seu Blog.