sexta-feira, 10 de setembro de 2010
Hoje, 10 de setembro, é aniversário de dois jogadores do Flamengo, não são do mesmo esporte, mas honraram e honram até hoje o Manto Sagrado. Um é do Futebol e o outro é do Basquete. Dois ídolos do Flamengo, dois jogadores que merecem ser lembrados sempre, dois jogadores que tem seus nomes registrado na história do Maior do Mundo.


Os holofotes já estavam acessos, e a esperança dos rubro-negros em conquistar o tri se apagava aos poucos. Minuto 43. Falta pro Flamengo. É bem verdade que havia sido marcada longe do gol do Vasco, mas todos sabiam da capacidade do Sérvio.

As mãos suadas, frias, trêmulas e sem unha balançavam como um ritual religioso. E era, diga-se de passagem. Aquele gesto significava passar toda energia do torcedor, tão cansado e impaciente com o jogo. Toda a vibração positiva do Maracanã estava n'alma de Petkovic agora. Ele cobra. E num gesto de boa vontade, um anjo carrega aquela bola rumo ao ângulo direito de Hélton.

Pessoas nas arquibancas chorando, caídas no chão, abraçadas como se estivessem visto um
milagre, um milagre que saiu dos pés de Pet.

Oito anos depois, desacreditado, volta ao Fla apenas por questões burocráticas. Em campo, mostrou que quem tem talento não se entrega a idade. De drible em drible, de lançamento em lançamento, foi um dos que carregou a Tropa Rubro-Negra em direção ao Hexa.

Agora, precisa mais do que nunca da Nação. E tem o apoio dela. Gritaremos cada vez mais alto " PET ! ", pra provar o amor e a admiração que temos a esse craque.

Obrigado, Pet, por tudo !


Raça, técnica, dedicação e amor ao Flamengo, essas qualidades que as vezes custamos encontrar em jogadores do Futebol, nós encontramos facilmente nos jogadores de Basquete do Flamengo e mais fácil ainda em Duda. Duda é irmão do estrela maior do time, Marcelinho, mas não é lembrado como o irmão do Marcelinho, é lembrado como o Duda, um cara guerreiro, um dos mais guerreiros do time, se não for o mais. Em quadra mermão, não tem quem segure o cara, é bola de três, de 2, bandeja e até enterra, apesar de não ser um dos maiores do time.

Esteve presente em um momento lindo de demonstração de amor ao clube, quando os jogadores mesmo com os salários atrasados não fizeram corpo mole, pelo contrário, jogaram muito e foram campeões da Liga Sul-Americana e Bi-Campeão do Brasileiro, por amor ao Clube de Regatas do Flamengo e pelo Basquete Nacional.

Parabéns Pet! Parabéns Duda!

Abraços, Yuri E. e Raul Nicacio. SRN

Siga >> @Fla_Amizade

2 comentários:

Adryelle disse...

eles merecem! ❤

anderson disse...

Pet! Pet! Parabéns, e que a fase melhore pra ele

Arquivos do Blog

Parcerias

Adicione nosso logo em seu Blog.