segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Até hoje um time é relembrado com muito carinho por todos que viram e até os que não viram o Flamengo de 81 jogar, eu não vi, mas dizem que dava gosto de ver, mesmo quem não era Flamengo parava para ver (é assim até hj). O que se podia dizer de um time com a raça, bravura e classe daqueles tempos?? Era uma maravilha ver Zico batendo suas faltas, colocando lá como se fosse com as mãos.

O Flamengo como sempre teve a sua torcida que sempre apoiou, desde os primórdios de Charanga que começaram a animar as arquibancadas e fez com que hoje em dia todos se animassem com as torcidas. Mas voltando ao assunto, o Rubro-Negro sempre teve um gás a mais, parece que a camisa dava um novo animo para os jogadores, essa mesma comisa que faziam os adversários tremerem pois o MANTO faz qualquer um tremer.

A garra que precisamos hoje me dia talvez nós podemos aprender com o passado que foi cheio de glórias, foi cheio de alegrias, hoje em dia precisamos desse amor pela camisa, no qual está faltando no futebol moderno, amor a camisa já existiu, o dinheiro está valendo mais que a glória de jogar no clube que já fez vários craques e tem vários títulos.

Para mim o que se deve ter é pelo menos respeito com a torcida pois ela sim ama o clube, faz qualquer coisa por ele, deixa de comprar gás, comida para o filho, deixa de fazer várias coisas para assistir o Flamengo jogar e muitas vezes sem a classe, a raça e a paixão dos tempos atrás, o Flamengo não precisa de estrela para dar jeito no time, isso só será bom para o marketing, eu não estou cornetando o R10, estou apenas falando que poderia se investir mais na base, botar jogadores que querem mostrar serviço.

Flamengo tem uma NAÇÃO que o acompanha, precisa dos resultados e ver que o jogador tem o amor ao clube, precisamos de verdadeiros jogadores.

Abraço, Matheus Macário.

2 comentários:

Felipe Godinho disse...

Isso ae matheus!
É por isso que somos fanáticos pelo maior e melhor clube do mundo!
abçs
@godinhofelipe

Ramon disse...

É verdade matheus. O flamengo sempre foi isso, mais raça amor e paixão do que qualquer outra coisa. Esse amor incondional dos torcedores e de muitos jogadores que fez o mengão se tornar o maior clube de todos os tempos.
Saudações rubro-negras

Arquivos do Blog

Parcerias

Adicione nosso logo em seu Blog.