terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

" Numa noite de quarta feira chuvosa, no Rio de Janeiro, 171 mil súditos saíram de suas casas, ou debaixo de suas pontes, para ver o Rei do Futebol vestir as cores do Flamengo. O ano era 1979, e o dinheiro arrecadado com os ingressos fora doado aos flagelados das enchentes de Minas Gerais.

Ele entrou cercado por jornalistas, puxa-sacos, crianças e fãs. E ao pisar no gramado do Maracanã, os torcedores puderam ver o Deus do Soccer vestir a combinação de cores mais Fuderosa do Mundo.

O vermelho e o preto realçavam a imponência daquele homem negro, quase uma entidade, que era o centro das atenções. Pelé vestia a dez de sempre e tinha a fidalguia de um Rei.

Deu milhares de entrevistas e depois de terminadas, foi no canto do campo, acenou e saudou a Magnética.

Antes do jogo, uma cena me foi curiosa: João Leite, goleiro do Atlético-MG deu uma Bíblia para o goleiro do Mengo, Cantarele.
Creio que João, antes do jogo, tenha orado milhões de vezes para tomar gol de Pelé. Seria uma honra pra qualquer goleiro.

O jogo rolava, e a tática era: 8 jogadores do Galo marcavam Pelé. Dois ficavam no Ataque e o camisa 1 ficava na sobra da marcação.

Pelé só foi tocar na bola quando já tinha passado mais de 20 minutos de jogo. E quando tocou, a bola parecia amansar-se nos seus pés; ela se hipnotisava e obedecia tudo que o mestre mandava. Seus súditos explodiam de alegria ! Ver o Maior Jogador do Mundo jogando no Maior Time do Mundo não tinha preço.

O jogo em si não foi lá essas coisas. Era um amistoso. Dadá Maravilha fazia peripércias na lateral do Flamengo, driblava meio mundo, e isso levou um certo perigo. Zico, que era coadjuvante e espectador, fazia seus lances no meio, sempre procurando Pelé. O placar? 5 a 1 Flamengo. Flamengo chegava a marca de 38 jogos invicto.

Os mitos, os heróis e as lendas do Flamengo são páginas eternas. E esse jogo é mais uma escrita com tinta vermelha e preta. Bem Aventurados são os 171 mil torcedores que foram assistir a partida.

O Deus das torcidas jogando ao lado da Torcida de Deus.

Abraços e Saudações Rubro-Negras, Yuri E. "

Postado em 9/02/10.

A Galinha, freguesa fiel, será depenada amanhã.


Abraços e Saudações Rubro-Negras, Yuri E.

1 comentários:

[CRF]Raulzin disse...

Tambem conhecido como o dia que Zico não usou a 10. Quem usou foi um outro rei, o do Futebol, o Rei do Flamengo cedeu a 10 para ele.

Arquivos do Blog

Parcerias

Adicione nosso logo em seu Blog.